Paliber

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home
Notícias!

Para Credenciar-se ao "XVI Greenmeeting Rio 2017"

acesse o Link Credenciamento ao lado

__________________________________________________________________________________________

Xi Jinping diz a Trump que só o diálogo poderá

trazer a paz e conseguir o desarmamento

Leandra Felipe

O presidente da China, Xi Jinping, conversou neste domingo (13/08) por telefone com o presidente dos EstadosUnidos, Donald Trump, e pediu cautela e mais cuidado nas declarações sobre a Coreia do Norte. Ele afirmou estar preocupado com a escalada de tensões e ameaças entre Washington e Pyongyang.

Xi Jinping disse, ainda, que seu país está disposto a trabalhar junto à gestão Trump. O presidente chinês afirmou que tanto os Estados Unidos quanto a China compartilham do interesse de promover o desarmamento nuclear da Coreia do Norte. Mas afirmou que só o diálogo poderá trazer a paz e o desarmamento.

O líder norte-coreano, Kim Jon-un, enviou uma nova mensagem aos Estados Unidos nesse sábado (12), dizendo que pode atacar Ilha de Guam, território americano no Oceano Pacífico, a qualquer momento. E que o governo Trump se arrependerá se mantiver as ameaças.

 

Mercosul reafirma compromisso do bloco

com a Agenda 2030 da ONU

Mendoza (Argentina) 21/07/2017 - Da Agência EFE

O Mercosul reafirmou nesta sexta-feira (21) o seu  compromisso com a Agenda 2030 da ONU para o desenvolvimento sustentável e destacou a importância de implementá-la de forma efetiva para potencializar a cooperação entre os países do bloco. 

"O equilíbrio entre a dimensão social, econômica e ambiental é fundamental para obter um desenvolvimento sustentável, erradicar a pobreza em todas as suas formas e dimensões, e permitir o uso eficiente dos recursos naturais dos nossos países", expressou o Mercosul em uma declaração conjunta após a cúpula semestral de chefes de Estado realizada hoje em Mendoza, na Argentina.

O documento foi assinado pelos países-membros do Mercosul - Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai - e os associados - Bolívia (em processo de adesão plena), Peru, Equador, Chile, Colômbia, Guiana e Suriname. A Venezuela foi suspensa do bloco em dezembro.

O Mercosul lembrou que a Agenda 2030, promovida pela ONU, é orientadora para o desenvolvimento sustentável e gera oportunidades para que os países do bloco possam aumentar a cooperação e o "intercâmbio de experiências". A Agenda 2030 das Nações Unidas estabelece 17 objetivos e 169 metas econômicas, sociais e ambientais.

 

Merkel enfatiza compromisso com acordo

climático de Paris, em crítica a Trump

Da Agência Brasil *01/07/2017 Brasília

Sem citar nomes, a chanceler alemã Angela Merkel fez críticas às políticas do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em um discurso no Parlamento, nesta semana. Merkel enfatizou o compromisso da Alemanha para a cooperação multilateral para enfrentar os desafios transnacionais, tais como as alterações climáticas.

"Quem pensa que os problemas deste mundo podem ser resolvidos com o isolacionismo e o protecionismo está cometendo um enorme erro", disse Merkel, a uma semana do início oficial da Cúpula do G-20. "Somente juntos podemos encontrar as respostas certas às questões centrais dos nossos tempos". Esta circunstância se aplica ao G-20 e também à União Europeia, de acordo com a chanceler.

Dirigindo-se à questão das mudanças climáticas, ela advertiu que "não podemos esperar até que a última pessoa na Terra esteja convencida da evidência científica das mudanças climáticas. Em outras palavras: o acordo climático [de Paris] é irreversível e não negociável."

Desde que os Estados Unidos abandonaram o Acordo de Paris, a Alemanha ficou "mais comprometida do que nunca para torná-lo um sucesso", disse Merkel.

A Alemanha sediará a cúpula do G-20, de 7 a 8 de julho, na cidade de Hamburgo, no norte da Alemanha. Merkel quer que a cúpula envie um "sinal de determinação" das 20 maiores nações industrializadas e emergentes do mundo para assumir sua responsabilidade internacional. "Precisamos do G-20 mais do que nunca," disse Merkel.

No entanto, a chanceler prevê negociações difíceis, pois espera que haja muitas diferenças nos pontos de vista entre os participantes.

Edição: Lílian Beraldo *Com informações da Agência Xinhua

 


Página 1 de 15

Folder de apresentação do XVI Greenmeeting

Revista Sustentabilidade É O FOCO

Apoiadores